domingo, 28 de julho de 2013

Fome ajuda a pensar melhor

Os pesquisadores holandeses Maarten Bos, Ap Dijksterhuis e Rick van Baaren apresentaram os resultados de uma pesquisa onde foi testada a influência do nível de glicose no sangue em atividades feita de forma consciente e inconsciente. Ao tomarmos decisões, o inconsciente é confiável quando os níveis de glicose estão baixos, enquanto que deliberações feitas de forma consciente funcionam melhor quando a glicose está elevada.

sábado, 27 de julho de 2013

3 BONS SITES PARA SE FAZER UMA PESQUISA ESCOLAR SOBRE DOENÇAS , ETC ...


  1. pt.wikipedia.org/‎ 
  2. www.criasaude.com.br
  3. www.brasilescola.com

ANEMIA


anemia é uma doença que afeta a qualidade e a quantidade de glóbulos vermelhos (ou eritrócitos) no sangue. Ela pode ocorrer por diversos fatores.
Um dos tipos de anemia é aquela caracterizada pela ausência de nutrientes que são utilizados na produção de elementos dos glóbulos vermelhos, como o ferro (anemia ferropriva), vitamina B12 ou ácido fólico (anemia perniciosa ou megaloblástica). Outro fator é a excessiva perda de sangue, como em hemorragias. Determinadas doenças infecciosas e auto-imunes, além de substâncias tóxicas, podem ocasionar destruição das células vermelhas do sangue, levando à anemia hemolítica.
Defeitos genéticos também são causa de anemia como a anemia falciforme, na qual os glóbulos vermelhos têm um formato anormal (semelhante a uma foice). Doenças enzimáticas, como deficiência da glicose-6-fosfato desidrogenase, defeitos nas membranas dos eritrócitos, talassemias (deficiências que levam à redução da síntese de globinas da hemoglobina), também causam anemia.
Pessoas com alimentação carente têm risco de desenvolver anemia por falta de nutrientes. Grávidas necessitam de uma quantidade maior de vitaminas e minerais. Pessoas com perda constante de sangue também entram no grupo de risco.
Os sintomas dessa doença são caracterizados por fadiga, palidez na pele, dores de cabeça, vertigens, palpitações, esplenomegalia, icterícia, etc. O diagnostico é normalmente feito com testes laboratoriais de sangue, com a dosagem de vitaminas, glóbulos vermelhos e outros elementos.
Quando não tratada, a anemia pode levar a complicações neurológicas e também insuficiência renal, no caso da anemia hemolítica. Os tratamentos variam de acordo com o tipo de anemia. Normalmente recomenda-se ingestão de nutrientes (ferro, ácido fólico, vitamina B12), interromper o uso de agentes que possam causar hemólise ou ainda terapia com imunoglobulinas no caso de doença auto-imune. É importante sempre manter uma dieta balanceada, com ingestão adequada de vitaminas e minerais para se evitar anemias carenciais.

AMENORREIA

amenorreia é a ausência ou a cessação da menstruação em mulheres em idade fértil. Existem dois tipos de amenorreia: a amenorreia primária e a secundária.
amenorreia primária ocorre em jovens adolescentes. Denotamos duas situações particulares:
- A jovem não menstrua na idade de 14 anos e não apresenta o desenvolvimento das características sexuais secundárias (mamas, pêlos no corpo, a distribuição de gordura nos quadris).
– A jovem mulher não menstrua aos 16 anos, mas tem um desenvolvimento normal dos caracteres sexuais secundários.
amenorreia secundária é a ausência de menstruação por mais de 3 ciclos menstruais ou 6 meses, em mulheres adultas que já menstruam.

Estatísticas sobre a Amenorreia – Epidemiologia

A amenorreia é uma consequência natural do aleitamento, da gravidez e da menopausa. Além dos três casos, 3 a 4% das mulheres sofrem de amenorreia devido à um problema de saúde subjacentes, como os distúrbios alimentares ou doenças endócrinas.


Causas da Amenorreia

Causas naturais da amenorreia
- A gravidez é uma das principais causas de amenorreia. Muitas vezes, sem a realização de testes prévios, essa pode ser a principal causa para mulheres sexualmente ativa. Qualquer mulher com um período de atraso de mais de oito dias, deve fazer um teste de gravidez.
- O aleitamento materno provoca a amenorreia (embora a ovulação ainda possa ocorrer, salvo se o bebê estiver apenas mamando e se tiver menos que seis meses.). É a secreção de prolactina (hormônio da lactação e do desenvolvimento das glândulas mamárias), que induz a amenorreia. Em caso de tumor da hipófise, esse hormônio pode ser produzido em altas doses, fazendo com que a amenorreia ocorra.
- Atraso da puberdade (não grave): A idade da puberdade depende da origem étnica, da alimentação, da localização geográfica e do estado de saúde no geral. Se as características sexuais secundárias estiverem presentes, nenhuma investigação é necessária até a idade de 16 anos (ver descrição e estatísticas de amenorreia).
- A menopausa se manifesta entre 45 e 55 anos e provoca uma diminuição gradual da menstruação, devido à mudanças e a diminuição dos hormônios femininos (estrógeno, progesterona).
Causas “artificiais” ou relacionadas à uma patologia
Causas amenorreia- Os contraceptivos hormonais. O uso de um contraceptivo hormonal pode provocar uma hemorragia de privação. Essa não é uma menstruação real. Em algumas mulheres, no qual o ciclo normal já era falho, o uso de contraceptivos hormonais por período prolongado pode provocar uma redução e até mesmo uma cessação da menstruação. A descontinuação do uso do contraceptivo especialmente entre mulheres cuja menstruação (antes do uso) era irregular, e/ou tinham um ciclo longo (35 dias), pode provocar um período de amenorreia (chamada de amenorreia pós-contraceptivo). Na verdade, os contraceptivos hormonais colocam o corpo em um “estado de gravidez” e a retomada da menstruação pode levar algum tempo.

- A prática de esportes a nível profissional ou de um esporte exigente pode causar a amenorreia. Isto é, particularmente o caso entre os maratonistas, fisiculturistas e atletas profissionais. A massa de gordura é reduzida ao extremo, onde há uma diminuição de estrogênio nesses atletas. Dietas mais restritivas e pobres em calorias contribuem para a ocorrência da amenorreia.
- Além disso, uma perda rápida de peso, uma dieta rigorosa e um comportamento alimentar patológico (anorexia, bulimia), muitas vezes causam a cessação da menstruação.
- O estresse ou trauma psicológico também pode ser uma causa da amenorreia. Por trauma ou estresse psicológico é definido com divórcio, morte de ente querido, mudança, viagem, a perda do emprego, a interrupção no estilo de vida. Tudo isso pode influenciar no funcionamento do hipotálamo e provocar a cessação da menstruação. Enquanto o estresse persistir a amenorreia também persistirá.
- A obesidade, o uso de certos medicamentos (corticóides orais, antidepressivos, antipsicóticos, anticancerosos), cicatrizes uterinas são outras causas de amenorreia.
Nos casos menos frequentes podem ser listados: anomalias do desenvolvimento dos órgãos sexuais, uma anomalia anatômica dos órgãos sexuais (causas principais da amenorreia primária), doenças crônicas endócrinas (veja também hipertireoidismo, hipotireoidismo, diabete), ou ablação cirúrgica do útero e/ou dos ovários.

Sintomas da Amenorreia

O único sintoma da amenorreia é a falta de menstruação. Outros sintomas estão relacionados com as possíveis causas que levam a amenorreia (por exemplo, ondas de calor e alterações de humor, no caso da menopausa).

Tratamento da Amenorreia

Na maioria dos casos, as causas da amenorreia são benignas e curáveis. Basta ter uma vida saudável (veja abaixo bons conselhos). Neste caso, o tratamento médico não é necessário.
Tratamento hormonal no caso de amenorreia devido à:
- Uma disfunção dos ovários: o tratamento hormonal será prescrito para favorecer o desenvolvimento das características hormonais secundárias e para prevenir a osteoporose.
- Menopausa: a terapia de reposição hormonal combinada (estrogênios + progesterona) é recomendada para mulheres que entram na menopausa. A menstruação é mantida, mas a ovulação permanece ausente. Os benefícios desta terapia em relação ao câncer de mama são atualmente muito controversos. A prescrição é geralmente feita apenas em mulheres com sintomas desagradáveis da menopausa (ondas de calor, alterações de humor), durante longo tempo.
- Remoção dos ovários e do útero (antes da idade presumida da menopausa): terapia hormonal combinada (estrogênio + progesterona) é prescrita, em especial para a prevenção da osteoporose.
Tratamento não hormonal da amenorreia
- Em casos de amenorreia devido a uma superprodução de prolactina (resultado de um tumor na hipófise, por exemplo), o médico irá prescrever a Bromocriptina (Parlodel®). Esta droga também é prescrita como um agonista da dopamina na doença de Parkinson.
- A cirurgia, às vezes, é realizada quando há malformações do sistema reprodutivo, mas não necessariamente leva a um retorno da menstruação (especialmente, no caso das malformações maiores).
- A psicoterapia é altamente recomendada se a amenorreia é causada por trauma ou comportamento alimentar patológico (anorexia ou bulimia).

Fitoterapia na Amenorreia

Atenção! Estas são abordagens complementares. A amenorreia pode esconder outros problemas. É importante consultar um médico no caso de amenorreia prolongada.
Agnocasto: esta planta é conhecida por seu efeito sobre o ciclo menstrual irregular (após o tratamento durante várias semanas). É especialmente, recomendada contra a dismenorreia, a superprodução de prolactina (que como vimos acima pode causar a amenorreia), endometriose, os sintomas da menopausa.
Angélica Europeia (Angelica archangelica) é tradicionalmente usada para acionar a menstruação que é lenta. A presença de fitoestrógenos é a causa. No entanto, seus efeitos em relação aos hormônios naturais são menores. Angelica é usada na medicina tradicional asiática chinesa para distúrbios do ciclo da mulher, e na menopausa.

Homeopatia na Amenorreia

Homeopatia na AmenorreiaA homeopatia é parte da medicina complementar. Nós pedimos que você consulte um médico se a amenorreia permanecer por longo tempo. Isso pode esconder outras doenças e/ou problemas.
A homeopatia permite em particular, remediar a amenorreia de origem emocional (choque, estresse). Aqui estão algumas soluções:
- Ignatia 30CH: para uso em casos de grande irritação;
- Aconitum Napellus 30CH: usado depois de um grande susto;
- Actaea Racemosa 30CH: para pessoas muito extrovertidas, que falam muito;
- Natrum Muriaticum 30 CH: depois de uma separação ou um grande choque sentimental;
- Staphysagria 15CH: para uso em um ambiente de frustação e desconforto, para uma pessoa com raiva interiorizada;
- Platina 15CH: pepois de uma decepção, uma grande conquista da autoestima, para uma pessoa muito orgulhosa.
- Viburnum 30CH: também é recomendada nos casos de menstruação tardia ou insuficiente.

Bons Conselhos – Prevenção da amenorreia

O melhor tratamento é sempre a prevenção!
- É importante ter uma dieta saudável e equilibrada para manter a “forma”. Certa massa “gorda” é necessária para estocar, e parcialmente para produzir estrógeno. Qual é o seu IMC (índice de massa corporal)?
Também é importante aprender a controlar o estresse. O estresse prolongado é sinônimo de distúrbios fisiológicos que podem afetar seu corpo inteiro. Veja nossos artigos sobre ele em stress e ansiedade.
- Tente praticar uma atividade física regular, mas moderada;

- Evite o uso abusivo de álcool e drogas, e tente parar de fumar se você for um fumante.

ALZHEIMER

O Alzheimer é uma doença crônica cada vez mais freqüente entre a populção. Trata-se de uma doença que afeta a memória e as faculdades mentais em geral, eque evolui de maneira progressiva eirreversível, devido a umadegeneração do tecido cerebral, queleva a pessoa a um estado dedemência.
O mal deAlzheimer, na sua forma mais freqüente, apareceem geralpor volta de 60-70 anos e nem sempre é diagnosticado. Uma forma mais rara da doença, que também é conhecida como forma familiar ou precoce, ocorre antes dos 65 anos, e como o seu nome, indica um composto heredítário (genético) muito acentuado. Grande proporção das pessoas com a forma precoce apresenta alterações em três genes: APP, PSEN1 e PSEN2.

Ressaltamos que com o envelhecimento da população no Ocidente (Europa, América) e no Japão, a doença tende a atingir cada vez mais pessoas e pode trazer problemas reais de recursos financeiros e mão de obra nos países.

ALERGIA AO SOL

alergia ao sol é uma reação do sistema imunológico à exposição da pele à luz solar. É também chamado de erupção cutânea fotoalérgica ou fotoalergia e fotodermatose.
Estima-se que 5 a 10% das pessoas sofrem de alergia ao sol. Esta doença afeta principalmente as mulheres, sendo que 95% são jovens de 20 a 35 anos.

Causas da alergia ao sol

Alergia em Geral
O processo alérgico, muitas vezes ocorre em duas etapas. O primeiro contato com o alérgeno, ou sensibilização, as células específicas produzem anticorpos, tais como IgE. A segunda exposição provoca a liberação de substâncias como a histamina, que causam diversas reações inflamatórias, como a alergia.
Note que, a resposta do organismo contra uma determinada reatogenicidade varia de um indivíduo para o outro. Os sinais mais graves podem aparecer de repente, é a hipersensibilidade imediata. Por outro lado, a hipersensibilidade tardia, menos ofensiva, aparece mais tarde.
Essa é uma definição ampla de alergia. Alguns especialistas acreditam que este mecanismo é repetido para cada ensolação, o paciente se torna mais sensível e mais lesões se intensificam.
Outros médicos pensam que na verdade não é realmente uma alergia ao sol, mas sim uma forma de dor muscular causada pelo sol. Falar de “alergia ao sol” é um equívoco, porque não foi provado que o sol é realmente o alérgeno.
Assim, a origem exata da alergia ainda parece pouco clara, mas os cientistas incriminam os raios ultravioletas A (UVA) que penetram mais profundamente do que os raios UVB na pele.
O raio de sol pode resultar em alergia, mesmo que através de uma janela, um para-brisa ou um guarda-sol, antes de chegar à superfície da pele.
Outras causas de alergia – Fotoalergia
Durante a exposição ao sol, as pessoas que tomam antibióticos podem ter uma fotossensibilidade ou fotossensibilização.
O mesmo vale para alguns medicamentos contra a diabetes, hipertensão, epilepsia, depressão e para alguns tipos de câncer.
E o mesmo também para o uso de algumas plantas como a erva de São João (mas somente em altas doses), aipo, limão, suco de figo e Branca ursina.
Quanto aos produtos cosméticos, substâncias odoríferas, leite, loções ou cremes com ou sem perfume também provaram serem fotossensibilizantes. O risco aumenta especialmente entre os jovens com pele oleosa.

Sintomas da alergia ao sol

A alergia ao sol pode ser classificada em quatro grupos de acordo com os sintomas e as circunstâncias de surgimento: urticária solar, erupção cutânea fotoalérgica, erupção polimorfa à luz e a fotossensibilidade.
A urticária solar é raramente vista. Ela ocorre em poucos minutos de contato com o sol, surgindo uma placa rosácea, elevada sobre a pele. Estes sinais lembram a picada de um mosquito. A lesão pode atingir todo o corpo, principalmente nas áreas não cobertas por roupas e desaparece após 1-2 horas, se o paciente for para sombra. As mulheres adultas são as mais frequentemente vulneráveis. Este tipo de alergia é ocorre durante vários anos e cria um verdadeiro transtorno, porque força a vítima a permanecer constantemente na sombra durante suas atividades diárias.
Ao contrário, a erupção cutânea fotoalérgica aparece nas horas seguintes a exposição aos raios solares bem intensos. É caracterizada por inchaços vermelhos, bolhas, ou papúlas acompanhadas por prurido intenso nas partes expostas do corpo como pescoço, mãos e antebraços. Ele geralmente não aparece no rosto, exceto em casos graves. Os sintomas persistem por vários dias e se repetem a cada reexposição, mas melhoram com o bronzeamento. Essa fotodermatose que perdura por anos, é mais frequentemente encontrado em mulheres com idade entre 20 e 35 anos.
Quanto à erupção polimorfa à luz, ela ocorre raramente e é causada por uma luz solar de baixa intensidade exposta por 30 minutos ou por algumas horas. A pele apresenta vesículas, manchas vermelhas e rosáceas em círculo ou não. Essas lesões de aparência variada surgem no pescoço, rosto, membros ou atrás das orelhas. Estas manifestações acompanhadas de forte prurido, se atenuam na sombra, mas as exposições subsequentes tendem a piorar. Esta condição crônica afeta tanto as mulheres quanto os homens adultos.
A fotossensibilização ocorre pela combinação da ação dos raios solares com a administração por via oral, local, retal, ou parenteral de produtos alimentares, medicinais ou cosméticos. Ela se manifesta pelo aparecimento de erupções cutânes vermelhas, papulosas ou vesiculosas e muito pruriginosas em toda a superfíce da pele. A cor da pele pode tornar-se azul ou marrom.

Diagnóstico de alergia ao sol

O médico obtém o diagnóstico de alergia ao sol, num primeiro momento, através de um questionamento do surgimento da alergia e do histórico da doença. Ele examina cuidadosamente a pele danificada para diferenciar a fotodermatose de outras afecções.
O profissional de saúde reconhece facilmente a erupção cutânea, mas exames complementares podem ser úteis. O especialista em fotodermatologia realiza o que é chamado de fototeste, o qual é emitido alguns raios ultravioletas no ombro ou nas costas. Um teste positivo mostra sinais de alergia

Complicações alergia ao sol

A urticária que se estende até a mucosa respiratória e a garganta podem sufocar o paciente rapidamente.

Tratamento alergia ao sol

O primeiro procedimento de tratamento é ir para a sombra. O médico também pode prescrever medicamentos, se necessário.
O principal tratamento para alergia ao sol, em geral, é a prevenção, limitar a exposição ao sol, usar protetor solar e suplementos dietéticos como o betacaroteno (encontrado nas cenouras ou complementos alimentares) associados com Selênio, vitaminas E e C que fortalecem a autoproteção da pele. Tomar cálcio ou ômega-3 também pode ser eficaz.
Se a alergia se manifestar sobre toda a pele, o tratamento geralmente é baseado no uso de anti-histamínicos e corticoides contra o prurido.
Parar de utilizar fotossensibilizantes facilita a cura da alergia.
Em caso de erupção cutânea fotoalérgica pode-se prevenir a doença com suplementos alimentares, disponíveis nas farmácias (pergunte ao farmacêutico). Em caso de falha de tratamentos preventivos, seu médico pode impedir a erupção cutânea com o uso de antimaláricos durante oito dias antes de tomar sol e, durante os oito primeiros dias de permanência ao sol.
Em alguns casos, o médico pode prevenir a alergia ao sol (erupção cutânea fotoalérgica) pela terapia PUVA.

Fitoterapia alergia ao sol

Os tomates, as cenouras, o damasco, melão e legumes contém uma grande quantidade de carotenóides, enquanto que o kiwi, as frutas cítricas são ricos em vitamina C e vitamina E.

Homeopatia alergia ao sol

Você pode usar o Muriaticum Acidum 7 CH para o tratamento em casa. Deve-se tomar três vezes por dia, diminuindo a frequência quando a melhora for sentida. É possível alternar com Apis 5 CH, Belladona 5 CH e Urtica urens 7 CH.

Dicas alergia ao sol

Para uma boa prevenção de alergia ao sol:
- Fazer uso de medicação, exige o conselho de um profissional de saúde;
- A fototerapia liderada por um dermatologista melhora a tolerância da pele à luz solar;
- Proteger a pele com roupas, chapéu, óculos de proteção, ou um guarda-sol é útil. A aplicação de creme protetor adequado também é eficaz;
- Evite medicamentos fotoalérgicos;
- É aconselhável evitar a exposição ao sol em determinados momentos do dia: entre meio-dia e 16 horas, porque o risco de sensibilização (alergia) é maior nesse período;
Se você tiver fotodermatose, consulte imediatamente um médico se:
- O interior da sua boca inchar, ou você sentir um formigamento na garganta;
- A erupção cutânea espalhar por todo o corpo;

- Você sentir desconforto ou dificuldade para respirar.

ALERGIA

A alergia é uma reação anormal e específica do organismo em caso de contatocom substâncias estranhas (alergênicas). Normalmente as substâncias estranhas não desencadeiam distúrbios na maioria das pessoas.
Para que ocorra uma alergia, é necessário que um primeiro contato aconteça entre o alérgeno e o organismo da pessoa (sensibilização). É por isso que quase sempre o segundo contato com o alérgeno é o mais problemático.
Distinguimos diferentes formas de alergias ou expressões de alergia:
asma
- a dermatite atópica, eczema atópico, eczema geral.
- a rinite alérgica
- a conjuntivite
- a urticária
- a alergia a medicamentos
- as alergias alimentares (quase sempre se trata de uma pseudo-alergia = má digestão)
- ...

Como se desenvolve uma alergia ?

Quando uma pessoa detentora de um sistema imunológico sensível se expõe a um alérgeno, ocorre uma série de acontecimentos:
1. O corpo começa a produzir anticorpos específicos (ver foto), chamados de imunoglobinas de tipo E (lgE), para combater os alérgenos (por diferentes mecanismos, como a neutralização).

2. Os anticorpos atados ao antígeno se fixam nas células conhecidas como mastócitos. Estas se encontram numerosas nas vias respiratórias assim como no trato gastro-intestinal, local onde os alérgenos tentam penetrar no corpo.
3. Isto (etape 2) produz a liberação das moléculas compreendidas nos mastócitos e que são responsáveis pela maioria dos sintomas da alergia (liberação da histamina,...), induzindo, por exemplo, um nariz tapado ou olhos avermelhados.
Se o alérgeno se encontrar no ar, a reação alérgica se desenvolverá nos olhos, no nariz ou nos pulmões. Se, do contrário, o alérgeno for ingerido, a reação alérgica ocorrerá na boca ou no trato gastrointestinal. Quando o alérgeno estiver em contato com a pele, isso produzirá reações dermatológicas (eczema, por exemplo.).

Entretanto, as reações alérgicas podem, às vezes, ir além de uma reação clássica, falamos então de uma alergia generalizada, isto pode se traduzir por uma queda da pressão sangüínea e até uma perda de consciência. Este tipo de alergia grave é conhecido como anafilaxia e necessita quase sempre de um tratamento de urgência, pois pode haver risco de vida (por exemplo, para as pessoas gravemente alérgicas às picadas de abelhas, que devem sempre levar consigo uma injeção à base de adrenalina).

AIDS

aids é uma doença crônica que atinge o sistema imunológico e que pode levar à morte (no caso da ausência de tratamento). Quem sofre de  aids tem a imunidade enfraquecida contra as infecções ou tumores (câncer).
Em caso de ausência de tratamento, o HIV (vírus da aids) ataca e destrói as células do sistema imunológico. A evolução da doença ocorre durante vários anos e pode enfraquecer os doentes mais frágeis em função de um câncer ou outras doenças infecciosas (sendo que estas doenças podem ser benignas nas pessoas que não tem HIV). Ver também: sintomas aids
Atualmente estão disponíveis somente tratamentos que agem sobre os sintomas, e portanto não há nenhuma vacina com efeito preventivo e eventualmente curativo disponível no mercado. No entanto, em setembro de 2009, um estudo realizado por pesquisadores americanos e tailandeses em 17.000 pessoas possibilitou a criação de uma vacina capaz de reduzir de maneira significativa o risco de contaminação pelo vírus da aids. Esse assunto deve ser acompanhado.
A aids é uma doença presente no mundo todo, mas com uma grande predominância na Áfricasubsahariana.
aids foto virusBreve histórico sobre a AIDS/ HIV
A aids foi observada pela primeira vez no início dos anos 80 em um grupo de homossexuais, fato que na época, levou a taxar a doença como sendo exclusivamente gay (no Ocidente, um em cada cinco homossexuais está infectado com o HIV). Logo depois, a aids foi observada em  heterossexuais de todas as idades, sobretudo na África.
Aqui você encontra o nosso arquivo completo sobre esta doença complexa (tratamentos, prevenção, sexualidade, vacinas, religião...).

AFTA

As aftas, também conhecidas como estomatites aftosas ou úlceras aftosas, são lesões dolorosas que ocorrem na mucosa oral e podem atingir língua e garganta. São consideradas lesões "limpas" pois não são causadas por fungos, bacterias ou outros microorganismos. Elas variam de tamanho, podendo ser afta minorou major. Ler: definição
Causas aftas
As causas das aftas não são totalmente conhecidas, mas acredita-se que estejam ligadas ao consumo de alguns alimentos (queijos, amêndoas, frutas secas, alimentos com determinados conservantes, frutas ácidas) e medicamentos (AINEs, ácido benzóico, quimioterápicos), possam ser aftogênicos.
Desconfia-se também que a afta seja uma manifestação comum a diversas outras doenças, sobretudo de caráter imunológico, falta de higiene bucal, imunodepressão, estresse, pré-disposição genética, deficiência nutricional, etc.
afta dicasAs aftas não possuem caráter infeccioso, portanto, não são transmitidas de uma pessoa a outra. Apresenta incidência de cerca de 20-50% na população mundial e se agravam na fase adulta. A duração é de cerca de 1 a 2 semanas, sumindo espontaneamente.
Essas lesões se caracterizam por possuir aspecto circular ou oval, como pequenas crateras, com fundo esbranquiçado ou amarelado e vermelhidão ao redor (ver: sintomas).
tratamento visa melhoras os sintomas de dor e desconforto e para isso podem ser usados bicarbonato de sódio, pomadas apropriadas, bochechos com antiinflamatórios, corticóides, dentre outros. Os medicamentos para o tratamento das aftas normalmente encontram-se na forma de géis, enxaguantes bucais, pastilhas, cremes, pastas, etc. Ler: tratamento
Plantas aftasPlantas como malvachá pretohamamelisruibarbosálvia e alcaçuz auxiliam no tratamento.  Ler: plantas
Dicas: caso o paciente já tenha tendência ao desenvolvimento da afta, recomenda-se que ele adote medidas adequadas de higiene bucal, bem como evite o consumo de alimentos que possam desencadear a doença. O consumo de alimentos com vitamina C e do complexo B previnem contra o aparecimento das lesões aftosas.

ACNE

acne, comumente conhecida como espinha, é uma doença inflamatória da pele que atinge ambos os sexos. Ela é gerada por uma inflamação dos folículos pilosebáceos, normalmente associada à bactériaPropioniumbacterium acnes, variando de intensidade de grau I até IV. Sua incidência é maior durante a adolescência, podendo atingir 80-90% dos adolescentes, persistindo em alguns casos na fase adulta. Devido a fatores hormonais e genético ainda não esclarecidos, as formas mais graves da acne atingem pessoas do sexo masculino.
Sua fisiopatologia é complexa e envolve diversos fatores, como predisposição genética, fatores hormonais (sabidamente, hormônios sexuais influenciam na ocorrência de acne), fatores ambientais, estado emocional, fatores associados à pele como hipercornificação ductal, dentre outros. Basicamente as acnes se desenvolvem após uma secreção elevada de sebo pelas glândulas sebáceas, o que proporciona um ambiente ideal para desenvolvimento de microorganismos.
Acne pápulas As manifestações da acne são variadas de acordo como grau das lesões. As espinhas podem se apresentar como comedões (cravos), pápulas (lesões avermelhadas, eritematosas e altas), pústulas (com presença de pus), nódulos e abscessos (lesões profundas e endurecidas). As regiões de maior ocorrência da acne são aquelas de maior oleosidade, como a zona T do rosto, nariz, peito e costas. Embora as acnes não sejam graves, elas podem resultar em problemas psicológicas para os seus portadores, que se sentem menos aceitos na sociedade e com baixa auto-estima.

Tratamento acneOs tratamentos para a doença são variados e, normalmente, os médicos dermatologistas adotam múltiplas abordagens. Basicamente deve-se manter a pele higienizada e, atualmente, há uma variedade enorme de produtos no mercado com tal fim, como sabonetes, géis e adstringentes.

Agentes esfoliantes como peróxido de benzoíla e ácido salicílico também são usados. Além desses produtos, antibióticos tópicos e orais, como tetraciclinaeritromicina, dentro outros, têm eficácia contra a bactéria causadora das acnes.

Os retinóides de uso interno ou tópico (ácido retinóicotretinoínaisotretinoína, etc) são amplamente usados e eficazes no tratamento da acne, entretanto, seu uso deve ser cuidadosamente monitorado pelo dermatologista. Outros tratamentos incluem medicamentos à base de hormônios, o peeling, sabonetes à base de enxofre, etc. Algumas plantas medicinais usadas são a bardana, óleo de prímula, óleo de argânia, etc.
Alguns cuidados que ajudam a prevenir a acne são: cuidados diários com a pele, evitar exposições ao sol, controlar o estresse, higiene constante, dentre outros.

AVC

AVC é a sigla de Acidente Vascular Cerebral. O AVC (ou derrame) é uma doença cerebral grave com importantes complicações. É possível prevenir um acidente vascular cerebral prestando atenção ao seu estilo de vida, já que esta doença cerebral é encontrada principalmente em pessoas com diabetes,hipertensão e/ou com hipercolesterolemia (colesterol alto).
O AVC ocorre quando o fluxo sanguíneo cerebral é interrompido, sendo que isso pode ser devido a um bloqueio de algum vaso ou uma hemorragia. É uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo e uma das principais doenças que deixam seqüelas irreversíveis. O AVC ocorre principalmente em pessoas acima dos 55 anos de idade e tem como principais fatores de risco doenças crônicas como o diabetes, a hipertensão, colesterol alto, tabagismo e o uso de drogas ilícitas.
Os sintomas variam de acordo com a região do cérebro que deixou de receber o fluxo sanguíneo, mas no geral incluem perda de movimentos, paralisia de parte dos membros, dificuldades de fala e deglutição, alterações visuais (incluindo perda temporária da visão), dor de cabeça, etc. O AVC é uma urgência médica. Um chamado é feito o mais rápido possível, de modo que a vítima recebe um atendimento imediato em uma unidade de cuidados especializados. É importante reconhecer rapidamente os sintomas desta condição, para enviar o paciente para o hospital o mais rápido possível, evitando complicações como um coma ou a morte.
derrameO diagnóstico é normalmente feito com testes de imagem (raiox-X, tomografia), para verificar a condição dos vasos cerebrais. As complicações do AVC normalmente são irreversíveis e incluem paralisia (total ou parcial) de membros, dificuldades de fala e comunicação, problemas de memória e raciocínio, dificuldades de visão, etc. O tratamento é feito com uso de medidas para reduzir a isquemia causada pelo coágulo e também com medicamentos que ajudam a dissolver o trombo, como a aspirina e o clopidogrel. É importante que o paciente seja tratato o mais rapidamente possível para reduzir o risco de seqüelas permanentes.
Se o paciente tem risco de desenvolver um AVC, é importante que se saiba reconhecer os sintomas para que ele seja imediatamente conduzido para um hospital e tratado adequadamente. É importante que, na suspeita de um AVC, conduza o paciente imediatamente a um hospital.
Medidas preventivas incluem mudanças em hábitos alimentares (para evitar diabetes, hipertensão, colesterol alto e obesidade), pratica de atividades físicas e, eventualmente, uso de medicamentos preventivos, como os anticoagulantes.

O que são planos de saúde ?

saúde é um dos temas mais importantes em qualquer região do mundo, e não seria diferente no Brasil. Um indivíduo saudável pode exercer plenamente suas atividades e ter uma boa qualidade de vida. Ao contrário, uma pessoa doente tem baixa produtividade e redução nos padrões de vida. Uma população inteira doente é algo bem mais grave, tornando o que antes era uma questão simplesmente de saúde em um problema de social.
A assistência à saúde é um direito de todo cidadão e um dever do Estado disposto na Constituição Federal do Brasil. Entretanto, essa garantia não consegue suprir de maneira eficaz à crescente demanda e, por isso, o Estado permite que empresas privadas prestem serviços médicos à população através dos Planos de Saúde.
Através de um contrato, a pessoa física ou jurídica torna-se inscrita nos planos oferecidos por determinada empresa, possuindo cobertura médica, hospitalar, ambulatorial e, em alguns casos, odontológica. A partir de 03 de junho de 1998, em razão da lei nº 9.656, os planos de saúde foram obrigados a criar um pacote padrão de serviços (conhecido como “standard”), garantindo cobertura mínima para os associados e, assim, redução das mensalidades cobradas e maior número de adesões.
Atualmente, o Brasil conta com diversos planos de saúde, muitos voltados para públicos específicos como idosos e crianças. Essa ampla rede conta com milhares de hospitais e clínicas especializados que atendem cerca de 42 milhões de brasileiros.

Questões importantes a serem observadas

É importante que, antes de assinar o contrato com qualquer plano de saúde, o consumidor faça uma pesquisa sobre qual co
mpanh

plano de saúde Brasil

ia melhor lhe atende. Leia as diretrizes impostas pela empresa, principalmente no que se refere a preços estabelecidos, re
novação contratual e coberturas garantidas de serviços. Fique atento as mudanças de preços do plano de saúde de acor
do com a faixa etária e preste atenção na correção monetária das mensalidades depois de decorrido 1 ano de vigência do contrato. Muitas empresas corrigem os valores com taxas superiores à inflação do ano.
Observe o prazo de carência, que é o período entre a assinatura do contrato e o uso efetivo dos serviços oferecidos pelo pl
ano de saúde. Nesse período, o consumidor paga as mensalidades, mas não tem direito a marcar consultas ou fazer exames labora
toriais, por exemplo. Atualmente, os prazos de carência são os seguintes:
- 24 horas para urgência e emergências;
- 30 dias para consultas e exames simples;
- 180 para exames especiais, cirurgias e internações;
- 300 dias para parto;
- 24 meses para doenças e/ou lesões preexistentes.
Fique atento para ver se o plano de saúde contratado obedece a esses prazos. É proibido que o plano reconte o período plano de saúde consumidorde carência mesmo que o consumidor já tenha cumprido os prazos. A exigência irregular na recontagem de carência ocorre com mais freqüência na adaptação ou renovação de contrato, atraso de pagamento ou na compra de um plano sucessor. 
Observe também as condições impostas sobre a migração entre planos e adaptação de um contrato anterior a 1998 aos novos planos padrões oferecidos.Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), o consumidor de plano individual/familiar firmado antes de 2/1/1999 pode solicitar à operadora uma proposta de adaptação de contrato. Nesse caso, a operadora é obrigada a oferecê-la. O consumidor pode optar por aceitar a proposta ou permanecer no plano antigo. Normalmente as condições de adaptação são benéficas, uma vez que, anterior a 1998, os planos de saúde previam coberturas limitadas e a nova lei garante uma cobertura mais ampla de serviços. Todas as propostas oferecidas pelas operadoras estão sob regras da lei 9.656/98 e do Código de Defesa do Consumidor.

Tipos de planos de saúde

As empresas oferecem diversas modalidades de planos de saúde. Veja as definições de cada um:
planos de saúdeContrato individual ou familiar
É aquele oferecido para pessoas físicas ou famílias inteiras.
Contrato coletivo
Esse tipo de contrato é firmado entre pessoas jurídicas (como empresas) e as operadoras de planos de saúde para atender a um determinado grupo de pessoas (como funcionários). Pode ou não aceitar a inclusão de dependentes (como membros da família que não trabalham na empresa). Nesse tipo de contrato, pode ainda haver 2 vertentes:
- Contrato coletivo empresarial: a adesão do beneficiário é automática e obrigatória;

- Contrato coletivo por adesã nesse caso, a adesão é opcional.

Ativar o Windows

Para mudar de versão windows 7 ( Home Basic, Home premium, Professional e Ultimate) é precisa entrar em 'iniciar' e do lado direito clica com o botão direito em 'Computador' entre em 'propriedades'.Lógo em seguida vai aparecer uma página aparecendo as informações do seu computador, olha na primeira parte windows edition, lá vai estar escrito a versão que o seu sistema está usando, embaixo vai ter um link azul, clique nele.Vai aparecer duas opções de comprar a versão e de colocar a chave(senha), entre na de colocar a senha.Cada versão tem uma chave, e abaixo tem a de cada uma:

Windows 7 Home Basic: YGFVB-QTFXQ-3H233-PTWTJ-YRYRV
Windows 7 Home Premium: 4BWDV-9MKGX-V9QJ4-YWFWR-P6974
Windows 7 Professional: HYF8J-CVRMY-CM74G-RPHKF-PW487
Windows 7 Ultimate: D4F6K-QK3RD-TMVMJ-BBMRX-3MBMV ( O mais recomendado)

Escolha a versão e coloque onde está pedindo 25 caracteres, depois disso o windows vai ficar atualizando por 10 minutos e vai reiniciar e quando voltar ao normal ele vai estar na versão que você escolheu.

Como ativar o Windows 7 com a sua versão:

Depois de 3 dias ou se preferir na hora entre em computar e propriedades de novo, e lá embaixo na opção que o seu windows pode ser atualizado entre no link azul.Vai aparecer: Ativar o windows online agora, clique nesse, aparece um negócio pra colocar Chave do produto Key,será mostrado embaixo chaves de windows 7 e outros:

Vista|Ultimate|Acer|3YDB8-YY3P4-G7FCW-GJMPG-VK48C
Vista|Business|Acer|2TJTJ-C72D7-7BCYH-FV3HT-JGD4F
Vista|BusinessN|Acer|2434H-HFRM7-BHGD4-W9TTD-RJVCH
Vista|HomeBasic|Acer|2W7FD-9DWCB-Q9CM8-KTDKK-8QXTR
Vista|HomeBasicN|Acer|22TC9-RDMDD-VXMXD-2XM2Y-DT6FX
Vista|HomePremium|Acer|2TYBW-XKCQM-XY9X3-JDXYP-6CJ97
Vista|Starter|Acer|26VQB-RP3T9-63FVV-VD7RF-H7M2Q
Server|SBS|Dell|76GGM-4MQ6T-XCJH9-6R2XQ-PW2D2
Server|Business|Dell|76GGM-4MQ6T-XCJH9-6R2XQ-PW2D2
Server|Enterprise|Dell|26Y2H-YTJY6-CYD4F-DMB6V-KXFCQ
Server|Standard|Dell|223PV-8KCX6-F9KJX-3W2R7-BB2FH
7|Ultimate|Acer|FJGCP-4DFJD-GJY49-VJBQ7-HYRR2
7|Ultimate|Dell|342DG-6YJR8-X92GV-V7DCV-P4K27
7|Ultimate|Lenovo|22TKD-F8XX6-YG69F-9M66D-PMJBM
#7|UltimateE|Demo|XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX
#7|UltimateN|Demo|XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX
7|Professional|Acer|YKHFT-KW986-GK4PY-FDWYH-7TP9F
7|Professional|Dell|32KD2-K9CTF-M3DJT-4J3WC-733WD
#7|ProfessionalE|Demo|XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX
#7|ProfessionalN|Demo|XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX
7|HomePremium|Asus|7JQWQ-K6KWQ-BJD6C-K3YVH-DVQJG
7|HomePremium|Dell|6RBBT-F8VPQ-QCPVQ-KHRB8-RMV82
7|HomePremium|Packard Bell|VQB3X-Q3KP8-WJ2H8-R6B6D-7QJB7

Esperamos ter ajudado!





Mensagens de texto aumentam a sinceridade das pessoas



Um estudo realizado com 600 usuários de iPhone, que responderam a uma pesquisa por meio de texto e voz, com questões sobre a quantidade de exercício semanal ou a quantidade de álcool consumida no último mês. As respostas por sms foram muito mais precisas, oferecendo, inclusive, dados numéricos, enquanto as entrevistas por voz continham explicações muito mais vagas.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O que acontecerá segunda feira na novela Chiquititas

Valentina (Sandra Pêra) chega ao quarto de Gabriela (Naiumi Goldoni) no momento em que Carmen (Giovanna Gold) está prestes a sufocar a moça com o travesseiro. A vilã se assusta com a governanta e despista Valentina. Junior (Guilherme Boury) tenta trocar o pneu de seu carro, que havia acabado de furar enquanto levava Carol para casa, mas o rapaz se atrapalha e não consegue. Junior decide chamar a seguradora do carro. Dani (Carolina Chamberlain) se recusa a jantar e destrata Letícia (Amanda Acosta). Tobias (Pedro Lemos), Clarita (Letícia Navas) e Beto (Emílio Eric) estranham a demora de Carol (Manuela do Monte). Beto e Clarita desconfiam que a garçonete e o empresário tenham se beijado, mas Leticia e Tobias acham que isso não aconteceu. Os amigos resolvem fazer uma aposta. Carol revela para Junior que a primeira vez que o viu achou o rapaz chato, mas que a cada dia que passa vem percebendo o quanto ele é agradável. Junior corresponde ao mesmo sentimento. Os dois se aproximam e quase se beijam, mas são atrapalhados pela seguradora do carro que chega para trocar os pneus. No orfanato, depois de limparem toda a sujeira causada por Pata (Julia Oliver), as meninas se preparam para tomar banho. Mili (Giovanna Grigio) alerta as pequeninas que se elas não se adaptarem à nova moradora, a garota será levada para o reformatório. No mesmo momento, Pata entra no banheiro e as meninas contam a ela sobre a história da ruiva do banheiro e o que aprontaram com Ernestina (Carla Fioroni). Pela primeira vez, Pata sorri ao lado das chiquititas. Carol chega em casa e seus amigos a questionam sobre a sua demora. A garçonete explica o que aconteceu, mas ninguém acredita. Os amigos perguntam se Carolina e Junior se beijaram, mas a moça diz que não. Leticia e Tobias ganham a aposta. No quarto, Mili volta a contar mais uma parte da história da princesa e do plebeu. A garota convida Pata para participar, mas a menina diz estar muito cansada. Carol relembra a noite ao lado de Junior e sorri ao lembrar que quase se beijaram. A garçonete revela para Leticia que está apaixonada por Junior. Leticia fica preocupada com a amiga, pois o rapaz é seu chefe. Junior chega em casa sorridente e Valentina fica feliz ao vê-lo bem. A governanta lembra a infância do empresário com a irmã, Gabriela. Mosca (Gabriel Santana), Binho (Gui Vieira) e Rafa (Filipe Cavalcante) espionam a entrada do orfanato e esperam Pata aparecer. Os meninos observam as garotas chegando da escola, mas não enxergam a irmã de Mosca. O menino vê Mili e se encanta com a beleza da garota. Clarita mostra interesse por Beto, mas o garoto a ignora. Junior chega ao Café Boutique e dá bom dia para Carol. O rapaz sobe para o escritório e entra na sala de Maria Cecília (Lisandra Parede). Junior se depara com Eduarda (Virginia Nowicki). A socialite lhe convida para um jantar. Junior se sente pressionado e acaba aceitando o convite. A diretora Sofia (Liza Vieira) diz que faz muito tempo que não leva as meninas para um passeio. Sofia tem a ideia de levá-las em um parque de diversão. As pequeninas ficam eufóricas, mas Sofia propõe que para ganharem o passeio precisarão se unir ainda mais para conseguirem levantar o dinheiro para comprar as entradas do parque. Chico sugere que elas façam doces e vendam na porta do orfanato. Júnior e Maria Cecília descem para tomar café. Carol fica enciumada. A garçonete serve os dois e a supervisora questiona Júnior se o jantar deles está confirmado. Ao ouvir o que Maria Cecília diz, Carol fica magoada. As meninas preparam os doces e Mili as orienta. Pata também ajuda as pequeninas. Clipe da música “Tudo Tudo”. Sofia diz a Pata que permitirá que ela acompanhe as outras chiquititas com a venda dos doces, desde que ela garanta que não irá fugir. Pata dá a sua palavra e afirma que não irá fugir. As meninas montam uma barraca no jardim do orfanato para vender os doces. Ernestina fica de olho em Pata. Mosca, Rafa e Binho vão até o orfanato para tentar falar com Pata e estranham o movimento no jardim. Os garotos montam um plano para tentar tirar Pata do Raio de Luz. Mosca terá que distrair as chiquititas, enquanto Binho e Rafa chamam Pata. Os meninos colocam o plano em ação e Binho diz à Pata que é a hora dela fugir.

O tempo Passa bem rápido

O tempo passa muito rapidamente !!
nos estavamos em janeiro , ja estamos em julho

Valorize sua Vida





as vezes vc está em casa e diz : mãe , nao quero mais comida !!!
na rua , a comida que vc joga fora , aquele pouquinho faria diferença na vida deles
as vezes vc está em casa e diz pro seus pais : vcs so sabem brigar comigo !
na rua , eles sao espancados pela raiva de Alguns


As vezes vc diz : que maldito frio
lá ,as colchas e cobertas nao esquentam

antes de dizer que odeia sua vida , pense em quem te ama realmente , sua família , que so quer seu bem , pense no que vc tem e se ponha no lugar deles





A mesma coisa na áfrica
raciocine isso
reflita isso





Boa Noite ;)